Skip to main content

PUBLICIDADE

Livro Receitas sem Glúten para Celíacos

Dieta SGSC para Criança Autista na Escola

Dieta SGSC para Criança Autista na Escola

 

A administração da condição autista é uma situação de rápido/médio/longo prazo e a relação com a escola também. Por isso, é importante ter uma abordagem agregadora sobre o problema.

PUBLICIDADE

200 Receitas sem Glúten e sem Lactose

 

A Dieta sem Glúten e sem Caseína (SGSC) para tratamento de autismo vem sendo bastante debatida nos últimos anos junto a cientistas, médicos e recebendo muita atenção por parte dos pais de pessoas autistas.

 

Há indícios científicos de que a Dieta SGSC pode reduzir alguns sintomas autísticos tais como comportamentos impulsivos, a falta de foco, e até mesmo problemas de fala.

 

Na Dieta SGSC devem ser retirados todos os alimentos que contenham glúten, como farinha de trigo, cevada, centeio e alguns tipos de aveia, e alimentos que contenham caseína, que são todos feitos a partir do leite ou que contenham leite ou derivados na preparação.

 

Como Fazer a Dieta SGSC

 

O que é Glúten

 

É a proteína do trigo e também está presente na cevada, no centeio e em alguns tipos de aveia, devido à mistura de grãos de trigo e de aveia que normalmente acontece nas plantações e nas fábricas de processamento de alimentos. Assim, é preciso retirar da dieta alimentos como:

 

  • Pães, bolos, salgados, biscoitos e tortas;
  • Macarrão, pizza;
  • Cerveja e whisky;
  • Qualquer alimento que seja feito a partir de cevada, centeio e trigo.

 

O que é Caseína

 

A caseína é a proteína do leite e está presente em alimentos como queijo, iogurte, coalhada, creme de leite, requeijão, e todas as preparações culinárias que utilizam esses ingredientes, como pizza, bolo, sorvete, biscoito e molhos.

 

Na dieta para autismo deve-se fazer uma alimentação rica em alimentos como vegetais e frutas em geral, batata inglesa, batata doce, arroz integral, milho, cuscuz, castanhas, nozes, amendoim, feijão, azeite, coco e abacate.

 

A farinha de trigo pode ser substituída por outras farinhas sem glúten como a de linhaça, de amêndoas, de castanha, de coco e a farinha de aveia, quando o rótulo da aveia traz a indicação de que o produto é sem glúten.

 

Já o leite e seus derivados podem ser substituídos por leites vegetais como leite de coco e de amêndoas, e pelas versões veganas para queijos, como o tofu e o queijo de amêndoas.

 

Criança Autista em Dieta Sem Glúten e Sem Caseína indo para a Escola

 

O manual Criança Autista em Dieta Sem Glúten e Sem Caseína indo para a Escola foi escrito com base nas experiências pessoais de Flávia Anastácio de Paula e Claudia Marcelino, em suas leituras e a percepção da necessidade de um manual deste tipo para esclarecer tantas dúvidas que surgem nos grupos de discussão que participam.

 

Flávia Anastácio de Paula é professora e mãe de celíacos, moderadora de grupos de discussão sobre doença celíaca e autora da cartilha “Criança Celíaca indo para a Escola“.

 

Claudia Marcelino é mãe de um rapaz com autismo, moderadora de vários grupos de discussão sobre autismo e autora do livro “Autismo Esperança pela Nutrição“.

 

Faça o download gratuito do guia de orientação para pais e cuidadores “Criança Autista em Dieta Sem Glúten e Sem Caseína indo para a Escola” clicando aqui ou na imagem abaixo!

 

Criança Autista em Dieta Sem Glúten e Sem Caseína indo para a Escola

 

Cardápio com Receitas sem Glúten

 

Descubra como preparar um verdadeiro cardápio sem glúten. O livro 200 Receitas para Celíacos é essencial para a sua dieta sem glúten! Confira agora no link abaixo ou clique aqui:

 

200 RECEITAS PARA CELÍACOS

 

Dieta SGSC para Criança Autista na Escola
5 (100%) 1 vote

DEIXE UM COMENTÁRIO